O Governo de Minas Gerais, através da Secretaria de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif) irá realizar na próxima quinta-feira (21) a entrega da Carteira Nacional do Artesão e do Trabalhador Manual para 170 profissionais de Juiz de Fora. A atividade acontece em parceria com a Prefeitura Municipal de Juiz de Fora, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur).

Por meio do Núcleo de Artesanato, da Seedif, o Governo de Minas Gerais realizou dois eventos de cadastramento no município. Além de identificar e valorizar o artesão, a carteira facilita o seu acesso a eventos especializados, como feiras, exposições, capacitações e outros. Segundo o secretário de Estado Wadson Ribeiro, o cadastramento dos artesãos mineiros está entre as prioridades da Seedif.

“A Carteira Nacional do Artesão é um instrumento importante de identificação e qualificação da atuação do artesanato em Juiz de Fora e na região. Através dela, políticas públicas de apoio à cadeia produtiva do artesanato serão formuladas”, explica Wadson.

A realização de mutirões de cadastramento da Carteira Nacional do Artesão em todo Estado tem colocado em prática a orientação do secretário Wadson sobre a importância da identificação e da valorização do artesão mineiro. Além dos cadastros por meio dos Fóruns Regionais de Governo nos Territórios de Desenvolvimento, a Seedif realizou quinze mutirões de cadastramento - que geraram mais de 1,1 mil cadastros. Em todo o estado de Minas Gerais foram cadastrados mais de dois mil artesãos em 2017 — um aumento de 75% no número de emissão de carteiras em relação a 2016.

Para Wadson além de representar a cultura de uma região, o artesanato também é um forte alento econômico neste momento de crise. “Muitas pessoas, na maioria mulheres, têm na atividade comercial do artesanato um importante apoio neste momento de recessão”, afirma Ribeiro.

Mais Artesanato

No começo do mês de dezembro, o Governo de Minas lançou o Projeto Mais Artesanato, a primeira política pública de artesanato do Estado. O objetivo é coordenar as ações que vão incentivar a formalização e a organização da cadeia produtiva formada por artesãos e associações.

Também foi lançado um documento que define como prioridade o lançamento de edital de seleção de proposta visando o fortalecimento e fomento das cooperativas e associações de artesanato em Minas Gerais. O investimento, por parte da Codemig, é de R$ 1,8 milhão, valor que beneficiará 18 associações ou cooperativas de artesãos nos 17 Territórios de Desenvolvimento do Estado. Cada entidade selecionada receberá até R$ 100 mil.

"A mais importante agenda neste tempo de crise deve fortalecer as pessoas que produzem, um segmento que tem mais de trezentos mil trabalhadores e até hoje não tinha uma só política pública. Pela primeira vez a o artesanato sai da lateralidade. Estamos, acima de tudo, reparando este equívoco, e colocando o artesanato no centro de nossas políticas", afirma Wadson Ribeiro.

Serviço

Entrega da Carteira Nacional do Artesão de Juiz de Fora
Data: Quinta-feira (21)
Horário: 15 horas
Local: Auditório da Vigilância Sanitária - Avenida dos Andradas, nº 475 - Morro da Glória - Juiz de Fora/MG

Por Ascom Seedif